top of page

JOÃO GILBERTO, o grande esquecido...!


João Gilberto Prado Pereira de Oliveira ★ 10/06/1931 │ † 06/07/2019 Desde aquele dia (06/07/2019) em que faleceu o grande músico brasileiro João Gilberto até hoje (07/10/2023) 4 anos, 3 meses se passaram e 1 dia.


E em todo esse tempo até hoje, não existe (nem em minuta) um projeto cultural em nível de Câmara Municipal do Rio de Janeiro, Estado (RJ) ou Nação, para preservar seu enorme legado musical, ou momento até de pensar em dedicar um espaço cultural na cidade, na forma de um museu temático permanente, em homenagem "in memoriam " ao maior músico brasileiro de todos os tempos.




Em contraste e por comparação, comentam que a maioria dos comediantes, apresentadores de TV, músicos da moda, artistas locais indo e vindo, que morreram nos últimos 4 anos e desconhecidos de 99,9% do público internacional, já têm fisicamente sua avenida, rua, espaço cultural ou praça com o seu nome. João Gilberto não tem nada...!


Na prática, parece que ninguém do meio cultural e/ou da mídia está minimamente interessado nesta situação injusta de esquecimento permanente com João Gilberto ...


O que João tem (como teve em vida) é uma legião de parasitas na terra, no mar e no ar.

São jornalistas e profissionais de mídia oportunistas, em sua busca contínua por fofocas, boatos, notícias absurdas e sem valor cultural (inventadas ou não) para depois publicá-las na primeira página da pior espécie de imprensa sensacionalista. Nojento.


Nas últimas semanas, por exemplo, os parasitas das mudas estão muito preocupados com o relacionamento pessoal entre os familiares e com o destino final da herança de João Gilberto. Mas sobre o tema principal, nem uma palavra... Para eles, esses “comadreos” são questões realmente importantes e transcendentes para o futuro cultural do Brasil.


Na realidade, tudo isso infelizmente é um verdadeiro reflexo do triste e degradante nível cultural e social que o Brasil vive atualmente.

Há um declínio musical crescente (e talvez irreversível) no mesmo país que durante décadas deslumbrou o mundo com o surgimento e posterior expansão de uma música nova, revolucionária, sofisticada e transgressora para a época, a “ Bossa Nova ”.


E dentro do mundo da Bossa Nova , João Gilberto foi o criador e principal músico deste movimento e/ou gênero musical universal, mais uma razão para iniciar alguma iniciativa para preservar sua memória e legado para as gerações futuras.


O Brasil em geral, covarde e voluntariamente, esquece seu maior artista. Um músico que mudou tudo na música popular │Viva João Gilberto. ..!





Fotografei você com minha câmera Rolleiflex e quando revelei a foto apareceu sua enorme ingratidão...!

Brasil, " Fotografei você com a minha Rolleiflex , revelou-se a sua enorme (e injusta) ingratidão "...! (Desafinado │ Tom Jobim e Newton Mendonça)




PS: Como agravante devo comentar também que se Buenos Aires tem o “Museu do Tango”, Lisboa tem o “Muso del Fado”, Cleeveland o “Museu do Rock & Roll”, Sevilha o “Museu do Flamenco”, São Luís o "Museu do Blues", Nova Orleans o "Museu do Jazz" ou Viena o "Museu da Música Clássica", a Bossa Nova, nascida no Rio de Janeiro no final da década de 1950, carece completamente de um Museu oficial ou de qualquer espaço cultural temático, onde podemos preservar e mostrar aos fãs dos cinco continentes, a História e o imenso legado daquela música que vive no coração de milhares de “ Desafinados ” e que é genuinamente carioca por excelência.


Resumindo:

► 4 anos, 3 meses e 1 dia │ 1.554 dias sem Museu João Gilberto .

► 65 anos, 2 meses e 25 dias │ 28.830 dias sem Museu da Bossa Nova .


Continua...




Fã Clube Internacional João Gilberto │ Facebook │ Esperamos por você...!



Desafinado , inscreva-se em nosso site e receberá todas as novidades e atualizações...!




5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page